• Retrospectiva 2013 – Top 10 Eventos para Comunidades Técnicas Microsoft

    2013

    Olá Pessoal,Em clima de final de ano, resolvi listar 10 eventos e/ou conteúdos relevantes que nosso time de Especialistas trabalharam neste ano de 2013. Essa é uma visão pessoal, claro, portanto, pode ser um pouco diferente da visão de cada membro do time ou participantes da comunidade ;-) Espero trazer boas lembranças!

    Clique nas imagens acima e aproveite!

  • A Arte de Ensinar e Aprender

    collaboration

    Hoje eu li duas matérias que me chamaram muito a atenção. Aparentemente, não há nenhuma relação entre elas, mas me fez pensar um pouco e acabei encontrando algumas similaridades.

    A primeira delas é sobre a experiência de uma aluna de MBA (http://www.avidaquer.com.br/coragem-contagia/) com seu Professor. A Segunda, uma iniciativa chamada “Hour of Code”, que acontece essa semana em várias lugares do mundo, incluindo aqui no Brasil, em nosso centro de tecnologia chamado MTC (Microsoft Technoly Center) – http://csedweek.org/

    A similaridade? O impacto do Educador na vida de uma pessoa. Explico melhor.

    Me identifiquei muito com a história da moça do MBA. Não vou entrar no mérito de quem tem razão, mas eu próprio senti na pele o que ela sentiu. Quando decidi deixar um pouco de lado a carreira técnica de TI e me dedicar mais a Business / Marketing, procurei um MBA de Product Management. Estava muito assustado. Afinal, o cara técnico iria dividir a sala com gênios criativos de marketing e visionários de negócios, além de ser ensinado por professores altamente renomados. Não foi o caso.

    Lembro na primeira aula, todos se apresentando. Quando eu disse que era da Microsoft a primeira pergunta foi “Você não cuida de pirataria, certo ?”. Respondi que não, e emendei que provavelmente esse não era o problema daquela turma, altamente qualificada e culta, que nunca pirataria ou roubaria um software…. o começo já me dava indícios do que viria pela frente.

    Resumo da história é que realmente não aprendi o que eu achava que aprenderia. O Professor era um Professor mesmo. Métodos antigos de ensino, ficava na lousa com uma apostila tentando passar sua experiência a qualquer preço e não aceitava nenhum tipo de colaboração. Eu procurava um Educador. E acredito que toda a classe também. Alguém que proposse um tema, discutisse com a turma, facilitasse a colaboração. Aprendi muito mais nos cafés do que nas aulas. .Tanto que o Professor foi “expulso” por nós no meio do curso. Acontece.

    Mudando para a Hora do Código (Hour of Code). Hoje tivemos a presença de 5 – 7 pessoas aqui na Microsoft, entre 5 – 17 anos. Pelo mundo, foram milhares. Objetivo: criar seu primeiro código ou programa.

    Como vocês acham que eles irão aprender? Em apenas 1 dia, lendo uma apostila? O Educador explicando lógica de programação na lousa? Não, irão aprender com um bom facilitador / educador.

    Alguém que motive, que explique o porquê aquilo é importante. Bill Gates e Mark Zuckerberg, entre outros, criaram um vídeo explicando porque toda a escola deveria incluir em sua grade curricular técnicas de programação. Com motivação e orientação, qualquer um pode ir longe.

    E é isto que vai acontecer hoje na Hora do Código. O impacto que esses facilitadores terão na vida destes futuros profissionais será inesquecível, se bem feito. Esse modelo já é adotado em algumas escolas na Europa e outros lugares do mundo. Decidamos um assunto, e alunos e educador trocam experiências e aprendem juntos. Tema de hoje? Vamos construir um foguete!!!! Cálculo, física, colaboração, marketing, midias sociais. Tudo pode estar envolvido nesta tarefa. E assim, todos se motivam e querem mais.

    A Tecnologia vai mudar ainda mais no futuro a maneira que aprendemos e discutimos assuntos. Tablets e outros dispositivos móveis serão a porta de entrada para o conhecimento organizado e armazenado em grandes “nuvems de conhecimento”, que podem ser acessadas, complementadas e compartilhadas por todos.

    Até liçào de casa vai ficar interessante: http://www.youtube.com/watch?v=ho00x7ZvDLw

     

    []’s,

    DB

     

  • Tropa na Rua: Roadshow Microsoft em BH para Developers e Arquitetos de Sistema

    uncle-sam-support-troops

    Mobilidade, Cloud Computing, Social Media e Big Data: Como os desenvolvedores e Arquitetos de softwares ganham destaque neste novo mundo? Quais são as principais considerações que eles devem fazer ao planejar e desenvolver soluções que se valham destas novas tecnologias? Aproveite esta oportunidade para conhecer ainda mais nossas soluções de Desenvolvimento de Aplicativos Modernos. Neste evento, o time de especialistas da Microsoft ainda ensinará a construir uma solução completa passo-a-passo e do início ao fim, passando por uma série de conceitos importantes e demos reais de nossos produtos, além da apresentação de casos de sucesso! Sua participação no evento, garante um certificado de participação “TechDays Roadshow!” Não perca!Agenda


    08h30 – Credenciamento e Welcome Coffee
    09h00 – Plataforma Microsoft
    10h30 – Boas Práticas e Recomendações de User Experience (UX)
    11h15 – Arquitetura de Aplicativos Modernos
    12h15 – Almoço (1h)
    13h15 – Deep Dive: Desenvolvendo Apps para Windows 8
    15h00 – Deep Dive: Desenvolva as melhores Apps para Windows Phone 8
    16h10 – Break (20 min)
    16h30 – Windows Azure: Tudo que você precisa saber
    17h30 – Considerações Finais e Interação com os Técnicos!

    Local


    Data: 21/Novembro
    Local: PUC Minas
    Endereço: Rua Walter Ianni , 255 – Prédio São Gabriel
    Bloco I – Belo Horizonte – MG
    Horário: 08h30 – 17h30

     
       
    Vinicius Souza
     
    Evangelista técnico da Microsoft com foco em desenvolvimento, em especial Windows 8 e Windows Azure. Além disso é especialista em várias tecnologias Open Source e conduz várias ações com a comunidade para projetos Interoperáveis
       
    Osvaldo Daibert
     
    Osvaldo Daibert já foi Arquiteto de Soluções na HP do Brasil e atualmente é Evangelista Técnico com foco em desenvolvimento de aplicativos Windows 8 e Windows Phone 8. Possui grande experiência como Arquiteto de Soluções de Telecomunicação e Soluções do Segmento financeiro, como a Bolsa de Valores.
    Prepare-seMVA – Cursos GratuítosDownload do Visual Studio 2013

  • Inovação na Prática: Quando devices e serviços se unem para uma boa experiência

    Nas últimas vezes que recebi convites para palestrar ou debater sobre Inovação, tenho iniciado com um video que do meu ponto de vista exemplifica muito bem a mudança tecnológica que estamos sofrendo. Vou fazer o mesmo neste post. Convido todos a assistirem aqui.

    Inovação sem um objetivo muitas vezes é uma boa ideia, uma invenção, que pode até resolver problemas importantes. Mas algumas vezes, mais é necessário. Inovação sob demanda? Também pode!

    Esse video acima é uma parceria da Microsoft com a Coca Cola. Colocamos essa “vending machine” em um grande shopping center da Coreia do Sul. Habilitado pela tecnologia Kinect , a máquina (ou device) interage em tempo real com os usuários, fornecendo uma experiência ímpar. O serviço em questão é um aplicativo (ou app) que faz toda essa amarração e pode até interagir com outros serviços, como postar uma foto em alguma rede social ou assim por diante.

    Isso mostra como será o future (e já o presente!) na relação homem-máquina. Os desenvolvedores de software deverão ser cada vez mais criativos. Ninguém provavelmente fez uma reunião de projeto e disse “Quero uma vending machine com Kinect que interaja com os usuários e use serviços de nuvem”. As ideias precisam fluir naturalmente e é esse tipo de competência que fará a diferença.

    E você? Quando vai criar sua próxima inovação ? ;-)

     

    []’s

     

     

     

  • Umas férias (Des)Conectado….

    all_IT_trends_hero

    Julho foi mês de férias…. hora de recarregar as baterias e, plano inicial: DESCONECTAR do mundo virtual! Eu precisava disso. Tinha criado um acordo pessoal comigo mesmo de não ler emails, acessar Internet, ou qualquer gadget online.

    FALHEI….. feio….

    Confesso que senti na pele a força das “big trends” e não pude evitar. Vou tentar contar como foi:

    • Cloud: foi a primeira tendência que me dominou ;-) Como bom geek, queria estar planejado nas ferias. Portanto, criei uma planilha no Excel de controle de custos e um documento no Onenote para registrar os pontos turísticos, endereços de hoteis, dicas, etc… Como eu saí de férias após um evento da Microsoft, claro, estava com o Ultrabook da empresa e o Surface.. fora meu Windows Phone. Portanto, claro, fazia todo sentido armazenar no Skydrive. A integração do Skydrive com o Office é muito transparente. Basicamente, de qualquer gadget onde eu havia criado um atalho para esses documentos, eu conseguia fazer as alterações (mesmo offline) e depois sincronizar na nuvem. Foi ótimo!
    • Apps: Usei várias Apps durante as ferias para me ajudar. Uma que salvou as férias foi o Here Maps da Nokia. Impressionante a precisão e facilidade de uso. Fiz os downloads dos maps antes das férias e portanto, mesmo offline, eu conseguia me locomover pelas cidades, seja a pé, ou via transporte público. Salvar favoritos, verificar trânsito, etc, fez parte do dia a dia. Outra App que me ajudou muito foi do YELP (obrigado Luciano Conde pela dica!). Com o Windows Phone, facilmente fazia uma busca por restaurantes, reviews, filtrando os resultados por tipo de comida, se o restaurante estava aberto, distância, etc. Basicamente 90% dos restaurantes que fui foram recomendados (e claro, o melhor, acertivamente) pelo YELP. Recomendo. Por ultimo, usei muito a app do BING TRAVEL. Durante os trajetos de avião ou trem (sim, Canadá tem wifi dentro do trem, gratuito, todo o tempo. Inacreditável) eu começava a preparar o roteiro para a proxima cidade. O Bing Travel me trazia dicas de lugares turísticos, hotéis, restaurantes, top atrações, etc. Confesso que também salvou muito tempo. Eu selecionava o que achava de mais interessante e compartilhava no Onenote e automaticamente, na nuvem (devices + serviços na prática)!
    • Mobilidade: acredito que ficou claro que eu levava pelo menos 3 gadgets e cada um deles, com uma finalidade diferente. O Windows Phone era meu companheiro em campo. Durante as férias propriamente ditas, ficava ao meu lado me guiando, dando as dicas, etc. O Ultrabook e o Surface eram mais usados para planejamento e responder um ou outro email (sim, falhei nisto também.. não recomendo). Mas na prática mostra que não há o gadget perfeito para todos os momentos, mas sim, para um momento específico.
    • Big Data: Quem viaja, tira fotos. Comigo foi assim. E automaticamente, faz upload na nuvem, no meu caso, Skydrive. Acho que por dia tirei umas 1.000 fotos, todas em alta resoluçào, registrando os momentos para recordar depois. Isso mostra a quantidade de dados que geramos. Vamos imaginar que cada foto que tirei ocupasse 1MB de espaço. 1000 fotos no dia, 1GB. 3 semanas de férias… mais de 20GB só de fotos… Além desta quantidade de dados (e tenho certeza que sou junior perto de outros aficcionados ;-), eu comprei um wearable device chamado “FitBit”. Basicamente, é um gadget que monitora seu desempenho físico ao longo do dia. Mede quantos passos você deu, quantas calorias queimou, como foi a qualidade do seu sono e depois, sim, faz o upload todo para a nuvem! Confesso que vicia. Você pode criar metas diárias e monitorar o atingimento e depois compartilhar com seus amigos! Tecnicamente falando, mais dados gerados e sendo jogados na nuvem! Palavra da moda; BIG DATA!

    Bem, como puderam ver, não consegui mesmo ficar desconectado. E confesso que no final fiquei contente. Contente porque essas mesmas tendências que impactam nossa vida profissional também estão impactando nossa vida pessoal. É muito difícil (não impossível ;-)) ficar realmente desconectado do mundo, e isso traz seus benefícios  também.

    Acredito que cada vez mais as grandes empresas focarão em experiências mais transparentes aindas. Nuvem será o backend padrão. Multiplos devices, talvez vendidos como combos (Olhe, se o sr. comprar esse smartphone, ganhará esse weareble device para monitorar seu desempenho físico e ainda poderá atender ligações ;-))… E cada vez mais, dados gerados por nós, mostrando quem realmente somos!

    Provavelmente vocês tiveram experiências parecidas! Espero que tenham aproveitado. Ah, e se quiserem uma sugestão de cidades bacanas para conhecerem, esse foi meu roteiro:

    • Washington, DC
    • Toronto, Canada
    • Quebec, Canada
    • Montreal, Canada
    • Nova York, NY

    []’s

  • Palestra da Semana: Não confie na infraestrutura alheia!

    public_speaking

    Pessoal,

    Semanalmente, compartilharei um “causo” da vida de um Evangelista ;-) Acho bacana compartilhar com vocês como é esse dia a dia aqui e escutar a opinião de vocês a respeito dessas histórias !

    O post de hoje é sobre uma reunião que fui convidado a participar para um grande cliente multinacional que temos. Tema: Desenvolvimento Kinect! Na verdade, o cliente queria mais ideias do poder do Kinect e o que poderia ser feito para realmente se criar uma solução de impacto, que unisse o mundo físico (no caso, uma experiência com Kinect) com o mundo virtual (conectado aos assets de Social Midia, tais como Facebook, Twitter, etc).

    Bem, uma das coisas que aprendi que funcionam bem em palestras e apresentações é o impacto visual. Uma imagem vale mais do que mil palavras, e um video vale mais do que dez mil palavras ;-) Então, separei um conjunto de vídeos sobre a utilização do Kinect (listei alguns no final do post) pois meu objetivo não era entrar em detalhes de como desenvolver para Kinect, mas sim, o por quê desenvolver para Kinect.

    Chegando no cliente (aqui outra dica: CHEGUE CEDO! Não substime trânsito, recepções, etc. Chegar atrasado mostra que não damos importância a quem nos recebe e sério, tira toda a atenção do que você pretendia dizer), fui levado para a sala de reuniões, e o primeiro teste: Projeto. Tudo funcionou, ótimo!

    Segundo teste: SOM. Claro, 60% da reunião seria baseado nos videos….mas….. bem, não tinha som na sala. Alias, até tinha, mas não estava funcionando e não conseguimos resolver. Foi nesse momento que a essência deste post se aplica: venha preparado. Como todo cara de tecnologia que se preze, “gadgets” é o que não falta na mochila! Assim, rapidamente me lembrei que carrego comigo um speaker portátil (alguns duvidam disso ;-)):

    speaker

     

    Conectei rapidamente, e, pronto! Som preparado ! A apresentação foi muito boa. Cliente satisfeito com as possibilidades, videos de impacto, próximos passos combinados! Tenho que confessar que falar de Kinect não é das tarefas mais árduas, pelo contrário, é muito bacana!

    Bom, para finalizar, queria compartilhar alguns links com vocês, e claro, convidá-los para comentar e compartilhar suas histórias conosco! Semana que vem tem mais “causos” e dicas!

    1. PPT usado nesta reunião:
    2. Speaker portátil : opções na Amazon.com
    3. Videos: Kinect em ação:

    Kinect overview in non-game scenarios: http://www.youtube.com/watch?v=vAgm3oXCNkw

    Natura Brazil http://www.youtube.com/watch?v=u28pg1cBlv8

    Coke Dancing Vending Machine in Korea – http://www.youtube.com/watch?v=3MnDAWlhegw

    3D application with Kinect: http://www.youtube.com/watch?v=v0G0Cb7Zqjk

  • O que Esperar do evento Microsoft Build

    build

    Semana que vem, dia 26 de Junho, começa a conferência Microsoft Build. Para os mais saudosos e os que gostam de história, o Build nasceu da união de duas outras conferências: o PDC , famoso evento entre os Developers, por basicamente ser liderado pelo time de Engenharia da Microsoft (ou seja, quem realmente faz nossos produtos) e o Mix , evento voltado mais para os cenários de Designer e desenvolvimento Web. Desde 2011, a Microsoft decidiu unificar os dois eventos e usar a marca Build.

    O evento já se tornou mandatório no calendário dos profissionais que trabalham com nossa plataforma. Esse ano, as expectativas não são diferentes. Como já anunciado, será apresentado um preview do Windows 8.1 e mais informações sobre o Windows Embedded. O que isto significa para o desenvolvedor? Minha humilde opinião:

    • Cada vez mais, a convergência das plataformas será realidade (Smartphones, Tablets, ATMs, POSs, etc) – isto vai requerer dos desenvolvedores um pensamento holístico no momento de criar a arquitetura de uma aplicação
    • As novas features do Windows 8.1 (algumas já apresentadas na conferência COMPUTEX ) refinarão ainda mais a experiência do usuário. Mas, se o desenvolvedor não aplicar tais features em seus aplicativos, o impacto não será o mesmo.
    • Cada vez mais, os devices dependerão da Nuvem (services). Uma boa solução obrigatoriamente precisa do device correto e um bom e robusto serviço de nuvem;
    • A experiência integrada, independente do device, será o grande diferencial. Há algum tempo atrás, começamos a disseminar o conceito de 3 telas (smartphone, tablet/desktop, TV) e boas soluções começaram a surgir, como por exemplo, o Netflix.

    Mas e o desenvolvedor mais tradicional, que talvez ainda não investiu (e talvez não investirá) em aplicativos modernos? Bem, não há dúvidas da importância desse profissional. A Microsoft no último ano colocou um foco forte no desenvolvimento de Aplicativos Modernos, até porque saímos do zero e a curva de aprendizado muitas vezes exige conhecimentos diferentes do desenvolvedor mais tradicional. Mas isso não significa que ele não é importante! Pelo contrário! Inclusive, já foi anunciado que no Build apresentaremos mais detalhes do Visual Studio 2013 e TFS 2013 , que possuirão características e melhoramentos tendo como objetivo principal aumentar a produtividade desse perfil de profissional. Um dos cenários que  me chama muito a atenção, é o de DevOps, onde profissionais de Desenvolvimento e Infraestrutura se unem para provisionar uma infraestrutura mais inteligente (recomendo o treinamento MVA sobre esse tópico)

    Do nosso lado aqui, o Evangelista Caio Garcez (@Caio_garcez ) estará pessoalmente em São Francisco acompanhando e compartilhando notícias do evento! Para os menos afortunados ;-), poderemos acompanhar muita coisa online no site oficial http://www.buildwindows.com/ !

    Pensando nesse primeiro post mais técnico, vou adotar a prática de ao final de cada post, fazer uma reflexão/resumo baseado no conceito de Zoom In / Zoom Out:

     

    Zoom In

    O Build já se tornou “a conferência” para os desenvolvedores da plataforma Microsoft. Não dá para não reservar um tempo para assistir os keynotes e eventuais palestras selecionadas que serão transmitidas online. Por isso, reserve um tempo em sua agenda – é uma maneira de atualização tecnológica. Como preparativo para o evento, recomendo dar uma olhada nos últimos materiais que criamos aqui no Brasil, com foco em Desenvolvimento para Windows 8: www.microsoft.com/brasil/apps

    Zoom Out

    O desenvolvedor é o mágico do mundo de TI. Sem ele, todas as inovações e produtos não fazem sentido. Ele precisa criar e dar vida a isso. Cada vez mais, as soluções ficarão mais complexas, integradas e ao mesmo tempo, com impacto maiores. Entender essas grandes tendências (Cloud, Mobilidade, Social, Apps) é essencial para o Desenvolvedor do Futuro! Por isso, conferências como o Build, precisam fazer parte do nosso dia a dia!

     

    []’s e até a próxima

    Danilo Bordini (@dbordini)

  • Mudanças!!

    10338.jpg

     

    Olá pessoal, sejam bem vindos ao meu novo blog! Há cerca de um ano atrás, fiz uma mudança em minha carreira e me uni (na verdade, voltei) ao time de DPE, na Microsoft Brasil. DPE significa “Developer & Platform Evangelism”, e neste time assumi a função de “Technical Evangelism Manager”.  Essa palavra “Evangelismo” muitos vezes possui uma conotação má interpretada. Nosso objetivo não é converter ninguém. mas sim, compartilhar com profissionais autônomos, clientes e parceiros, em primeira mão, informações e conteúdo a respeito de nossa plataforma de desenvolvimento & infraestrutura. Geralmente, falamos bastante de futuro e inovação, mas aplicado ao presente e aos desafios do dia a dia! Sabemos que no final do dia, quem manda é o cliente, e o nosso principal objetivo é vê-lo realizar um projeto profissional ou pessoal!

    Esse será o principal objetivo deste blog. Ao invés de simplesmente “repetir” notícias, quero compartilhar com vocês nosso dia a dia, os desafios, boas surpresas e histórias que encontramos a cada dia! Claro, analisaremos também tendências, lançamentos, notícias, mas sempre com uma visão prática da coisa. É o que costumo chamar de “Zoom in & Zoom out”. Ou seja, analisar o fato em detalhes, mas olhar depois para o contexto! Por isso escolhi como imagem símbolo, esse fotógrafo ;-)

    Adicionalmente, usarei esse blog para também compartilhar fatos e percepções de um tópico que sou apaixonado: Comunicação. Como Evangelista, nosso principal papel é se comunicar, seja de modo escrito, oral, para grandes audiências ou reuniões exclusivas. Ao longo dos últimos 10 anos, tive a oportunidade de acumular experiências fantásticas sobre esse assunto, principalmente no quesito “palestras”.  Não sou nenhum expert, apenas vou compartilhar o que deu certo (ou muitas vezes errado) comigo e o time!

    Meu blog antigo (http://blogs.technet.com/dbordini) continuará ativo, até porque há bastante conteúdo, principalmente de Infraestrutura, relacionado a minha função anterior. Mas gostaria de convidá-los a partir de agora, para acompanhar esse novo espaço. Prometo ser bastante ativo! Alguns tópicos que pretendo abordar:

    • Computação em Nuvem
    • Desenvolvimento Móvel & Mobilidade
    • Consumerização de TI & Social Media
    • Aplicativos

    Vamos juntos nessa jornada!

    Danilo Bordini

Contact Me:

Name:

Email:

Verification Image

Enter number from above: