A Arte de Ensinar e Aprender

Hoje eu li duas matérias que me chamaram muito a atenção. Aparentemente, não há nenhuma relação entre elas, mas me fez pensar um pouco e acabei encontrando algumas similaridades.

A primeira delas é sobre a experiência de uma aluna de MBA (http://www.avidaquer.com.br/coragem-contagia/) com seu Professor. A Segunda, uma iniciativa chamada “Hour of Code”, que acontece essa semana em várias lugares do mundo, incluindo aqui no Brasil, em nosso centro de tecnologia chamado MTC (Microsoft Technoly Center) – http://csedweek.org/

A similaridade? O impacto do Educador na vida de uma pessoa. Explico melhor.

Me identifiquei muito com a história da moça do MBA. Não vou entrar no mérito de quem tem razão, mas eu próprio senti na pele o que ela sentiu. Quando decidi deixar um pouco de lado a carreira técnica de TI e me dedicar mais a Business / Marketing, procurei um MBA de Product Management. Estava muito assustado. Afinal, o cara técnico iria dividir a sala com gênios criativos de marketing e visionários de negócios, além de ser ensinado por professores altamente renomados. Não foi o caso.

Lembro na primeira aula, todos se apresentando. Quando eu disse que era da Microsoft a primeira pergunta foi “Você não cuida de pirataria, certo ?”. Respondi que não, e emendei que provavelmente esse não era o problema daquela turma, altamente qualificada e culta, que nunca pirataria ou roubaria um software…. o começo já me dava indícios do que viria pela frente.

Resumo da história é que realmente não aprendi o que eu achava que aprenderia. O Professor era um Professor mesmo. Métodos antigos de ensino, ficava na lousa com uma apostila tentando passar sua experiência a qualquer preço e não aceitava nenhum tipo de colaboração. Eu procurava um Educador. E acredito que toda a classe também. Alguém que proposse um tema, discutisse com a turma, facilitasse a colaboração. Aprendi muito mais nos cafés do que nas aulas. .Tanto que o Professor foi “expulso” por nós no meio do curso. Acontece.

Mudando para a Hora do Código (Hour of Code). Hoje tivemos a presença de 5 – 7 pessoas aqui na Microsoft, entre 5 – 17 anos. Pelo mundo, foram milhares. Objetivo: criar seu primeiro código ou programa.

Como vocês acham que eles irão aprender? Em apenas 1 dia, lendo uma apostila? O Educador explicando lógica de programação na lousa? Não, irão aprender com um bom facilitador / educador.

Alguém que motive, que explique o porquê aquilo é importante. Bill Gates e Mark Zuckerberg, entre outros, criaram um vídeo explicando porque toda a escola deveria incluir em sua grade curricular técnicas de programação. Com motivação e orientação, qualquer um pode ir longe.

E é isto que vai acontecer hoje na Hora do Código. O impacto que esses facilitadores terão na vida destes futuros profissionais será inesquecível, se bem feito. Esse modelo já é adotado em algumas escolas na Europa e outros lugares do mundo. Decidamos um assunto, e alunos e educador trocam experiências e aprendem juntos. Tema de hoje? Vamos construir um foguete!!!! Cálculo, física, colaboração, marketing, midias sociais. Tudo pode estar envolvido nesta tarefa. E assim, todos se motivam e querem mais.

A Tecnologia vai mudar ainda mais no futuro a maneira que aprendemos e discutimos assuntos. Tablets e outros dispositivos móveis serão a porta de entrada para o conhecimento organizado e armazenado em grandes “nuvems de conhecimento”, que podem ser acessadas, complementadas e compartilhadas por todos.

Até liçào de casa vai ficar interessante: http://www.youtube.com/watch?v=ho00x7ZvDLw

 

[]’s,

DB

 

Leave a Reply

Contact Me:

Name:

Email:

Verification Image

Enter number from above: